Notícias

A IMPORTÂNCIA DO SEGURO DE RISCOS DE ENGENHARIA

By 12/10/2020 No Comments

Prédio em construção tomba em Betim e afeta casas ao redor; 15 famílias ficam desalojadas

De acordo com o Corpo de Bombeiros, parte da estrutura pode ter ficado comprometida por causa da grande quantidade de chuva que atingiu a região.

Por Guilherme Pimenta e Lucas Franco, G1 Minas e TV Globo — Belo Horizonte

Vizinhos de um prédio em construção, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, acordaram assustados na noite desta terça-feira (17). Parte do terreno onde fica a construção cedeu e deixou a estrutura tombada. Segundo os bombeiros, o incidente pode ter sido provocado pela grande quantidade de chuva.

De acordo com os militares, os dois primeiros andares do edifício foram prensados pelo restante da construção. Ainda segundo os bombeiros, a obra ainda estava em fase de acabamento e não havia moradores no local. Ninguém foi atingido pelos destroços.

Prédio tomba em Betim e afeta casas ao redor; 15 famílias ficam desalojadas

De acordo com a Defesa Civil, há risco de casas vizinhas serem atingidas, caso a construção venha a desabar. Por isso a área foi isolada. A estimativa, até as 6h, é de que 15 famílias tenham sido desalojadas.

‘Custamos a achar a chave do portão’, diz vizinha

Dalila Silva, uma das pessoas que saiu de casa, disse que estava dormindo no momento do incidente.

“Ouvi alguma coisa caindo e percebi meus pais me chamando, desesperados. Saímos de casa e vimos muitas pessoas gritando para sairmos de casa. Custamos a achar a chave do portão, que é elétrico. Não tinha luz aqui. É horrível quando parece que vai cair alguma coisa perto de você a qualquer momento”, desabafou.

Vizinhos da construção ficaram desalojados e passaram a noite na rua — Foto: Reprodução / TV Globo

Vizinhos da construção ficaram desalojados e passaram a noite na rua — Foto: Reprodução / TV Globo

A área foi isolada por policiais militares. Segundo a PM, não há previsão para que essas famílias retornem às casas, já que a chuva deve continuar nas próximas horas.

Por volta das 6h30, o G1 entrou em contato com o responsável técnico pela obra, mas não obteve retorno. Novas tentativas foram feitas por volta das 7h30, por telefone, e às 7h53 por mensagem de texto.

Técnicos da Defesa Civil de Betim estiveram no local e recomendaram a demolição total do prédio. Ainda de acordo com a Defesa Civil, o dono do imóvel foi hospitalizado. Ele passou mal assim que soube do ocorrido.

Equipes de reportagem da TV Globo estiveram no local na manhã desta quarta-feira (18) e ouviram mais estalos, o que pode indicar novos desabamentos na estrutura.

Prefeitura diz que obra era regular

A Prefeitura de Betim informou, na tarde desta quarta-feira (18), que, de acordo com a Secretaria Municipal de Ordenamento Territorial e Habitação, “a obra estava devidamente licenciada, possuía Alvará de Construção, Licença Ambiental e responsável técnico cadastrado nos órgão responsáveis”.

Segundo a prefeitura, representantes da Procuradoria-Geral do Município reuniram-se, no início desta tarde, com o advogado da Construtora Abrahim Hamza Construções Eireli, responsável pela obra.

“A prefeitura exigiu que a empresa realoque as famílias imediatamente, sob pena de acionar judicialmente a empresa. Foi requerido, também, que a construtora faça a demolição do prédio, conforme recomendação da Defesa Civil”.

De acordo com a Superintendência Municipal de Defesa Civil, 15 famílias foram evacuadas das proximidades do prédio que tombou no bairro Ponte Alta. Engenheiros da Defesa Civil fizeram a vistoria nas moradias em torno do prédio, evacuaram as casas e isolaram a área.

“Apenas uma das casas vizinhas foi atingida por tijolos e entulhos que se desprenderam do prédio na hora do tombamento. A Guarda Municipal está atuando para evitar que os moradores transitem no local. As famílias foram para casas de parentes e amigos.”

A prefeitura disse ainda que “segue atuando efetivamente no primeiro acolhimento aos atingidos”.

“Uma assistente social esteve no local e providenciou água e refeição para quatro famílias, totalizando 8 pessoas, que estão acompanhando o trabalho da Defesa Civil. As famílias desalojadas estão sendo cadastrados neste momento [por volta de 16h30 desta quarta]”.

Leave a Reply

× Atendimento Whatsapp